Tlm. 931 612 825 | Tel. 253 962 739

Bem-vindo à Clínica Veterinária Animal Especial.

Panleucopenia Felina

O que é?

A Panleucopenia Felina (FPV) é uma doença infeciosa de mortalidade elevada causada por um vírus. Este vírus é altamente contagioso e muito resistente no meio ambiente. Possui um período de incubação de 2 a 10 dias e pode permanecer viável durante cerca de um ano. Assim sendo, a melhor abordagem passa pela prevenção, através da vacinação.  

Sinais clínicos

O vírus da panleucopenia felina provoca febre, letargia, vómito, diarreia e desidratação severa. A severidade da sintomatologia varia consoante a idade e o estado imunitário. Nos gatos jovens não vacinados, a manifestação clínica é, por norma, mais severa. As células do organismo que crescem e se dividem mais rapidamente ( com maior taxa de atividade mitótica) são as mais afetadas, como é o caso das células da medula óssea, do intestino e dos fetos em desenvolvimento, pudendo provocar aborto.

Transmissão

A infeção ocorre principalmente por contato com ambientes contaminados com o vírus através de secreções, como fezes e vômitos. Também pode ocorrer transmissão intrauterina, provocando abortos e mumificação fetal. A Panleucopenia é mais frequente em locais com múltiplos gatos, especialmente se se tratarem de diversos indivíduos em espaços relativamente reduzidos, como em gatis.

Diagnóstico

O antigénio do FPV é detectado nas fezes por meio de testes comerciais, por exemplo, testes de imunocromatografia. O material genético identificado no sangue total ou nas fezes, por meio de PCR, permite que se obtenha o diagnóstico definitivo da doença.

Tratamento

Não há uma terapêutica antiviral específica. O tratamento varia consoante o quadro clínico mas envolve frequentemente:

  • administração de antieméticos para controlar os vómitos;
  • fluidoterapia para manter o animal hidratado e reestabelecer o seu equilíbrio eletrolítico;
  • antibióticos de largo espectro para controlo das infeções bacterianas secundárias;
  • entre outros.

Prevenção

O melhor método de prevenção é através da vacinação contra a doença. Como o FPV é muito infecioso e potencialmente fatal, é vital garantir que o seu felídeo recebe as vacinas adequadas na idade certa, seguidas de reforços. Além disso, a desinfeção ambiental deve ser realizada cuidadosamente.

Bibliografia

  • Carlson I.H., Scoti F.W. & Duncan I.R. 1977. Feline panleukopenia I. Pathogenesis in germfree and specific pathogen-free cats. Vet. Pathol. 14(1):79-88;
  • Csiza C.K., Lahunta A., Scott F.W. & Gillespie J.H. 1971. Pathogenesis of feline panleukopenia virus in susceptible newborn kittens II. Pathology and immunofluorescence. Infect. Immun. 3(6):838-846.