Tlm. 931 612 825 | Tel. 253 962 739

Bem-vindo à Clínica Veterinária Animal Especial.

Vacinação de Coelhos

Sabias que… os coelhos de estimação também devem ser vacinados?

As vacinas de coelhos protegem-os contra duas doenças infeciosas: mixomatose e doença hemorrágica viral do coelho.

A mixomatose é uma doença causada por um vírus que afeta coelhos e lebres e que normalmente é transmitida por parasitas externos (como mosquitos e pulgas), mas também pode ser transmitida pelo contacto com secreções de coelhos infetados. O nome “mixomatose” deve-se ao aparecimento de mixomas na pele (nódulos benignos), contudo, este sinal clínico não acontece em todos os animais. Os coelhos doentes podem apresentar febre, perda de apetite, conjuntivite com descarga de cor branca, mixomas e edema da face e órgãos genitais. É uma doença grave que geralmente causa a morte em menos de duas semanas.

A Doença Hemorrágica Viral dos coelhos é transmitida quer por contacto direto com coelhos infetados, quer por objetos que estiveram em contacto com animais infetados (como feno, material de cama, frutas e legumes, etc). É uma doença que se desenvolve muito rapidamente e geralmente causa a morte sem demonstrar sinais clínicos prévios. Contudo, por vezes, os coelhos infetados têm falta de ar e sangram pelo nariz.

Ambas as doenças têm uma elevada taxa de mortalidade, rápido desenvolvimento e não têm tratamento, pelo que a vacinação é a melhor maneira de as prevenir. Hoje-em-dia, existe uma vacina que protege contra a mixomatose e a doença hemorrágica viral. Esta vacina tem duração de imunidade de 1 ano. Isto quer dizer que todos os anos, os coelhinhos devem ser revacinados para garantir que se mantém protegidos contra ambos os vírus.

Bibliografia: