Tlm. 931 612 825 | Tel. 253 962 739

Bem-vindo à Clínica Veterinária Animal Especial.

Viagens para o estrangeiro

O Verão está aí e a vontade de viajar aumenta. Os nossos animais de companhia também nos podem acompanhar nestas viagens. Neste artigo, vamos explicar o que precisa de saber para uma viagem tranquila…

Existem 3 aspetos básicos para a maior parte das viagens dos nossos animais de companhia:

  • Passaporte,
  • Microchip,
  • Vacina antirrábica válida.

No entanto as normas variam conforme os países de destino. No site da DGAV (Direção Geral de Alimentação e Veterinária) estão todas as normas que precisamos de saber para fazer uma viagem sem sobressaltos. Confere tudo em https://www.dgav.pt/vaiviajar/conteudo/animais-de-companhia/.

Aqui, vamos resumir os aspetos essenciais, da realidade que vivemos com mais frequência:

Viagem para França:

  • Animais com menos de 3 meses – Não é permitida a sua entrada no país
  • Animais com idade superior a 3 meses – Precisam de ter Passaporte, Microchip e Vacina da Raiva válida (na dúvida, pergunta os teu médico veterinário se a vacina da Raiva do teu animal está válida).

Viagem para Espanha:

  • Animais com menos de 3 meses – Não é permitida a sua entrada no país
  • Animais com idade superior a 3 meses – Precisam de ter Passaporte, Microchip e Vacina da Raiva válida (na dúvida, pergunta os teu médico veterinário se a vacina da Raiva do teu animal está válida).

Viagem para Suíça:

  • Animais com menos de 3 meses – É permitida a entrada de animais com menos de 3 meses desde que possam Microchip, Passaporte de Animais de Companhia da União Europeia. Além disso devem estar acompanhados da mãe (caso ainda estejam dependentes dela) ou serem acompanhados de uma Declaração assinada pelo dono atestando que os animais foram mantidos no local de nascimento desde a data do nascimento e que nunca entraram em contato com animais selvagens.
  • Animais com idade superior a 3 meses – Precisam de ter Passaporte, Microchip e Vacina da Raiva válida (na dúvida, pergunta os teu médico veterinário se a vacina da Raiva do teu animal está válida).

Viagem para Luxemburgo:

  • Animais com menos de 3 meses – Sim, é permitida a sua entrada no país. Deverão estar identificados com microchip, ter passaporte e apresentarem uma declaração dizendo que os animais permaneceram no local do nascimento, desde o nascimento, sem contacto com animais selvagens de espécies suscetíveis à Raiva.
  • Animais com idade superior a 3 meses – Precisam de ter Passaporte, Microchip e Vacina da Raiva válida (na dúvida, pergunta os teu médico veterinário se a vacina da Raiva do teu animal está válida).

Viagem para Reino Unido:

  • Animais com menos de 3 meses – Não é permitida a sua entrada no país
  • Animais com idade superior a 3 meses – Precisam de ter Passaporte, Microchip e Vacina da Raiva válida (na dúvida, pergunta os teu médico veterinário se a vacina da Raiva do teu animal está válida), Desparasitação interna contra Echinococcus multiocularis 1 a 5 dias (24-120 horas) antes da hora de entrada no país, atestado pelo médico veterinário que o efetuou, no Passaporte de Animal de Companhia da União Europeia.

Viagem para Suécia:

  • Animais com menos de 3 meses – Não é permitida a sua entrada no país
  • Animais com idade superior a 3 meses – Precisam de ter Passaporte, Microchip e Vacina da Raiva válida (na dúvida, pergunta os teu médico veterinário se a vacina da Raiva do teu animal está válida).

Para viagens de avião, pode ser pedido pela companhia aérea um atestado de saúde para a viagem. Este atestado pode ser assinado no passaporte ou ser efetuado num documento à parte.

Caso tenhas alguma dúvida para levares o teu animal para o estrangeiro, podes contactar com a nossa ajuda.