Tlm. 931 612 825 | Tel. 253 962 739

Bem-vindo à Clínica Veterinária Animal Especial.

Oftalmologia (problemas dos olhos)

Visão do interior do olho

Os olhos são um dos órgãos dos sentidos mais importantes e ao mesmo tempo mais sensíveis. Para a sua protecção existem as lágrimas que eliminam as impurezas e “lubrificam” a córnea (camada mais externa do olho) e as pálpebras que os protegem da desidratação e de objectos que possam os lesionar.
Mas ainda assim podem ser atingidos por diversos problemas. Neste capítulo iremos abordar alguns dos problemas oftalmicos mais comuns.

Conjuntivites:

As conjuntivites são dos problemas mais frequentes dos olhos. Por definição, as conjuntivites são infecções dos olhos. Estas infecções podem ter origem bactéria, vírica ou processos alégicos.
As conjuntivites são normalmente tratadas com medicamentos tópicos (colírios) adequados que devem ser receitados pelo médico veterinário, de acordo com a avaliação que é efectuada no momento da consulta.

Penetração de objectos estranhos, ferimentos ou úlceras na córnea:

Muitas das vezes o olho é agredido por algo do exterior, como por exemplo as garras dos gatos ou objectos estranhos que entrem para o olho, alojado-se por baixo das pálpebras. De entre os objectos que se costuma alojar, o mais frequente e grave é a pragana (erva seca que existe nos campos). Tanto os objectos como os ferimentos induzidos podem provocar danos muito graves no olho e estes casos devem ser avaliados o mais rápido possível. A extracção dos objectos estranhos deve ser efectuada cuidadosamente e sob anestesia geral para evitar danos profundos. O tratamento pode ser demorado.
Em alguns casos o dano induzido no globo ocular é de tal maneira extenso que limite definitivamente a visão.

Problemas das pálpebras: entrópio e ectrópio.

O entropio e o ectrópio são dois problemas de formação das pálpebras.
No entropio ocorre um inversão do bordo livre das pálpebras, com consequente irritação corneoconjuntival, produzida pelo pêlos da pele palpebral. Uma das raças mais predispostas para este problema são os Shar Pei. No entanto este problema pode afectar diversas raças tais como: Dogue Alemão, Rottweiler, Golden Retriever, Labrador, Dálmata e Weimaraner.
No ectrópio passa-se o contrário: a pálpebra inferior está muito caída (mais do que o ideal). As raças mais predispostas ao ectrópio são os S. Bernardo, Mastim Napolitano, Basset Hound e alguns Spaniels.
Estes problemas causam irritação da córnea e corrimento ocular.
Em ambos os casos a solução definitiva passa por cirurgia.

Cataratas

As cataratas são opacidades que surgem no cristalino. Estas podem ter diversas origens e ocorrer em todas as raças de cães. As cataratas são o problema mais frequente de perda de visão em cães. A progressão da catarata varia consoante a localização da mesma. Algumas são progressivas, outras estáticas e outras podem mesmo regredir.
O tratamento médico consiste na administração de suplementos vitamínicos à base de selénio e vitamina E que têm por objectivo prevenir, retardar ou interromper a evolução da catarata. No entanto, o único tratamento realmente eficaz é a cirurgia.

1 comentário em “Oftalmologia (problemas dos olhos)”

  1. Olá boa tarde o meu nome é Ricardo Almeida e tenho um cão Rottweiller com 3 meses. Ele tem um pouco da pele de baixo dos olhos um pouco descaída. É normal?

Comentários fechados.